segunda-feira, 24 de dezembro de 2018

PETROLINA: HOMEM É ENCONTRADO MORTO DENTRO DA PENITENCIARIA DR EDVALDO GOMES E FAMÍLIA SUSPEITA DE NEGLIGÊNCIA MÉDICA


Um homem de 51 anos morreu no Presídio Dr Edvaldo Gomes em Petrolina na madrugada desta segunda-feira (24), a causa morte ainda não foi divulgada, mas a viúva Tânia Marluce Silva está denunciado que houve negligência médica no tratamento de saúde de Ailton dos Santos.
A família expos que no dia 16 de dezembro Ailton deu entrada na UPA com princípio de AVC, após atendimento foi liberado para retornar ao presídio.  No entanto, ainda segundo a viúva, a médica do presídio assinou um laudo médico afirmando “que não era AVC e sim problemas gástricos, e mais ela disse a família que o Ailton estava forjando uma situação que não era verídica para sair do presidio. Diante do diagnóstico médico meu marido voltou para a cela e morreu nesta madrugada”, comentou revoltada.
Tânia disse ainda que a família se uniu e solicitou que fosse feita uma consulta particular com um neurologista, mas como estavam esperando a autorização por parte da diretoria, não tiveram tempo de ter a opinião do especialista. “Já estávamos com o dinheiro para levá-lo a um neurologista, esperávamos a assinatura do diretor do presidio, mas infelizmente não deu tempo. Se tivessem levado ele a sério, Ailton podia estar vivo ainda”, desabafou a viúva.
Ailton dos Santos foi preso em 03 de março de 2015 por homicídio passional, cumpria pena em regime fechado. A previsão de semi aberto era para 2021. Edenevaldo Alves