quinta-feira, 30 de agosto de 2018

SEIS PESSOAS SÃO PRESAS POR FALSIFICAR CACHAÇA EM PERNAMBUCO



Uma fábrica clandestina de cachaça foi interditada nesta quinta-feira (30), em São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, a unidade falsificava a bebida com rótulos de uma marca conhecida no mercado enchendo as garrafas com uma mistura, possivelmente de água com álcool.

Durante a ação as polícias MilitarRodoviária Federal em conjunto com o Ministério da Agricultura conseguiram deter no local seis pessoas envolvidas, entre elas um homem suspeito de ser o proprietário da empresa. Foram apreendidos 3 mil litros a granel e mais 360 garrafas cheias, além de 10 mil garrafas vazias com rótulos. A estimativa da produção semanal é de 150 engradados com 12 garrafas cada, o que totaliza 1.800 garrafas por semana.

Todos os suspeitos do caso já foram encaminhados para à Delegacia da região. Os auditores fiscais federais agropecuários presentes na ação lacraram as instalações, lavraram os autos de infração e fizeram a apreensão do material encontrado a granel e também em garrafas. Serão enviadas amostras para análise em laboratório e, além de responder criminalmente, os responsáveis pela fábrica clandestina serão submetidos à processo administrativo no âmbito da Superintendência Federal de Agricultura em Pernambuco (MAPA/SFA-PE) e poderão ser multados. 

Por: Portal FolhaPE