quinta-feira, 9 de agosto de 2018

BANCÁRIOS DEFLAGRAM ESTADO DE GREVE EM PERNAMBUCO

Bancários deflagram estado de greve

Sindicato dos Bancários de Pernambuco decidiu, em assembleia realizada no Recife que reuniu cerca de 200 profissionais na noite desta quarta-feira (8), entrar em estado de greve. A decisão foi unânime e mostra a insatisfação da categoria com as propostas apresentadas pela Federação Nacional de Bancos (Fenaban) na campanha salarial 2018/2019.

“Decidimos por unanimidade pela rejeição da proposta econômica da Fenaban, que é a apenas a reposição da inflação. E, por isso, aprovamos o estado de greve”, revelou a presidente do sindicato, Suzineide Rodrigues, contando que a proposta dos bancos foi apresentada nessa terça-feira (7) depois de quase um mês de negociação - na categoria, já havia sido avaliada a possível deflagração de uma greve.

Ela também lembrou que essa decisão permite que os bancários cruzem os braços a qualquer momento a partir de agora, mas disse que, se realmente for deflagrada, a greve só deve ter início no dia 20 de agosto. “Os bancos vão apresentar mais uma proposta no dia 17, que é uma sexta-feira. Mas, se a proposta não for suficiente, vamos fazer outra assembleia na segunda, dia 20”, explicou Suzineide. 


Segundo o Sindicato dos Bancários, a campanha salarial deste ano pede a inflação mais 5% de ganho real. Além disso, a categoria solicita a manutenção dos direitos trabalhistas, para evitar a terceirização, a pejotização e o trabalho intermitente nos bancos. Esse pleito, porém, também não foi atendido pela Fenaban até o momento. 
da Folha de Pernambuco