sexta-feira, 15 de junho de 2018

UNIDADE REGIONAL DE POLÍCIA CIENTÍFICA DA REGIÃO DO ARARIPE É INAUGURADA EM OURICURI.



Foi inaugurada nesta quinta-feira (14), a Unidade Regional de Polícia Científica do Araripe em Ouricuri. O serviço será essencial para o município e a região, garantindo uma maior agilidade e fortalecimento de inquéritos policiais. O imóvel cedido pela Prefeitura está localizado na Luiz Gonzaga do Nascimento Bairro Renascença, popular Bairro do Batalhão, onde vai ser a sede do Instituto de Medicina Legal (IML) 24 horas, uma unidade de remoção de cadáveres, o Instituto de Criminalística e o Instituto Tavares Buril no município.
O momento contou com a presença do governador de Pernambuco, Paulo Câmara; da vice-prefeita de Ouricuri, Dra. Gildevânia Melo; e de vereadores do município. Também estiveram presentes os deputados estaduais Roberta Arraes, Lucas Ramos, Rodrigo Novais, e demais autoridades, secretários municipais. Além de ceder o espaço, o Governo Municipal também vai auxiliar na manutenção administrativa do local.

O apoio já havia sido firmado pelo prefeito Ricardo Ramos em 28 de novembro do ano passado, junto ao Secretário de Defesa Social de Pernambuco Antônio de Pádua “São diversos serviços periciais que estamos trazendo para esta região. Estamos entregando esta unidade com grande satisfação, pois sabemos o benefício que ela vai trazer para a população local”, declarou Ricardo Ramos.
Dessa forma, Ouricuri passa a funcionar como polo regional e poderá atender em horário integral a mais de 10 municípios de toda a região. A unidade Regional faz parte do processo de interiorização da Polícia Civil. “Trabalhamos bastante para viabilizar esta grande aquisição para a população, que não vai mais depender de outras cidades como Petrolina para realizar tais procedimentos. São serviços importantes e que vão facilitar da resolutividade de vários casos criminais”, o prefeito, Ricardo Ramos.
Com a sede em Ouricuri, poderão ser realizadas investigações com perícia no local do crime, de drogas (química forense), balística, identificação de veículos no caso de transferência e peritos em informática. “Vamos funcionar em esquema de plantão 24 horas. Com peritos criminais, médicos legistas, auxiliares e datiloscopistas. A unidade já está funcionando prontamente, à disposição de qualquer chamado que for feito pela Polícia Civil da região”, completa o Governador.
ASCOM