sexta-feira, 22 de junho de 2018

PRESIDENTE NACIONAL DO PT DESAUTORIZA MARÍLIA ARRAES A CONSTRUIR ALIANÇAS EM NOME DO PARTIDO


Em entrevista a Geraldo Freire, da Rádio Jornal, nesta quinta (21), a senadora e presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, desautorizou a vereadora Marília Arraes a fechar alianças em nome do partido. Gleisi foi enfática em afirmar que a prioridade do PT é o senador Humberto Costa, favorável à aliança com o PSB.
A “aliança” de Silvio Costa pode implodir a candidatura de Marília. Todas as correntes do PT, da base à direção, desaprovaram o casamento. Essa negativa ganha ainda mais força em decorrência da ligação umbilical de Silvio Costa com o senador Armando Monteiro Neto (PTB), pré-candidato a governador pela Frente das Oposições, que está com as forças políticas que apoiam o presidente Michel Temer em Pernambuco – a exemplo do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) e dos deputados federais Mendonça Filho (DEM) e Bruno Araújo (PSDB).
Ela (Marília) sabe que são movimentos que, se o PT não assumir, eles vão ser efetivos e não vão ajudá-la também a construir a pré-candidatura. Ela tem possibilidade de fazer conversação, no processo de composição, de construção do posicionamento político, mas isso passa por uma decisão partidária. É tanto a decisão principalmente do diretório nacional. Marília e a direção do partido em Pernambuco sabem disso”, destacou Gleisi.
Aí em Pernambuco a nossa prioridade é o senador Humberto Costa. Que já é o nosso senador, já atua no plano nacional. É uma liderança consolidada do PT e isso não é uma questão só em Pernambuco. Nós temos uma resolução do partido, do final do ano passado, hierarquizando as nossas prioridades. Primeiro o projeto nacional, a eleição de Lula, porque é no projeto nacional que, efetivamente, a gente tem condições de mudar a vida do País, a vida das pessoas”, cravou. (De Agência)