quinta-feira, 31 de maio de 2018

EM OURICURI, VEREADOR GILDEJÂNIO MELO É CONDENADO A CUMPRIR PENA DE 11 ANOS E MEIO DE PRISÃO


O vereador do município de Ouricuri, Gildejanio Coelho de Melo (PSD) que havia sido preso pela Polícia Civil na noite do dia 20 de setembro  de 2017 no bairro Laura Coelho, onde reside em Ouricuri fque cumpriu um mandado de prisão emitido pelo Juiz Carlos Eduardo das Neves Mathias, foi condenado nesta quarta-feira, 30 de maio em Ouricuri.
Em abril do ano passado, cerca de 20 mil pés de maconha foram erradicados no Sítio Seriema, na Zona Rural de Santa Filomena, no Sertão pernambucano. Na Operação, duas pessoas foram detidas, uma delas um vereador de Ouricuri, GildeJânio Coelho Melo, proprietário do local.
De acordo com a Polícia, a operação começou quando a polícia recebeu a informação do plantio. Um agricultor, 33 anos, foi detido. Ele era o responsável pelo cultivo do entorpecente.
O vereador, que, segundo a Polícia Militar, confirmou ser o dono da propriedade, afirmou ainda que um outro homem tinha saído com um carregamento da droga pronta para uso em uma caminhonete no dia 17 daquele mês de 2017, mas não informou para onde o entorpecente foi levado.
Além da plantação, a polícia encontrou ainda mais de 15 kg de sementes da erva e fios de energia elétrica. O vereador e o agricultor foram levado para a Delegacia de Ouricuri para prestar esclarecimentos. Segundo a presidente da Câmara de Vereadores de Ouricuri, Adelúcia Clea, o vereador foi ouvido e liberado em seguida.
No local foi encontrado também um sistema de irrigação para o plantio. Apesar do boletim de ocorrências da PM constar que o vereador confessou saber da plantação, na época ele foi liberado por falta de provas.
Nesta quarta-feira, 30 de maio, ele foi julgado e condenado a 11 anos e 6 mêses de prisão em regime fechado, onde de acordo com informações de um advogado que acompanha o caso, a prisão deverá ser cumprida no Presídio Dr. Edvaldo Gomes em Petrolina, lembrando que cabe recurso e os advogados do parlamentar deverão entrar com pedido de recurso junto á justiça.
Nas últimas eleições, em 2016, ele foi o vereador mais votado de Ouricuri, com 1.416 votos.
Por Emanoel Cordeiro / Foto: reprodução