quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

ALERTA CELULAR GANHA APOIO DE EMPRESAS DO AGRESTE E SERTÃO

Alerta Celular ganha apoio de empresas do Agreste e Sertão
A Importante estratégia para a redução do número de roubos e furtos a celulares no Estado, o Programa Alerta Celular é lançado, na tarde desta terça-feira (20/02), para representantes de associações comerciais e empresarias do Agreste e Sertão de Pernambuco. Durante o evento, realizado na sede da Associação Comercial e Empresarial de Caruaru, a Secretaria de Defesa Social (SDS) apresentou o funcionamento da ferramenta, assim como seus resultados e a forma como os empresários podem apoiar o trabalho desenvolvido pelo órgão.
Lançado em março de 2017, o Alerta Celular tem ajudado a recuperar e devolver aos donos os celulares subtraídos. Até o momento, mais de 1.200 aparelhos já foram resgatados por meio da ferramenta, que conta com um total de 120 mil telefones cadastrados.
 “O Alerta Celular, além de reaver esses bens, tem ajudado a prender assaltantes e a desarticular grupos que atuam na venda ilegal e receptação. Também tem corroborado para a elucidação de outros crimes associados ou praticados por quem porta um telefone roubado ou furtado”, explica o secretário Antônio de Pádua.
ALERTA CELULAR – A Polícia consegue apreender um celular roubado ou furtado quando o verdadeiro dono realiza um cadastro do aparelho no site da SDS (www.sds.pe.gov.br), acessando a ferramenta Alerta Celular, disponibilizada no painel Destaque, no lado direito da página.

No formulário, o usuário precisa informar o IMEI - Identificador Internacional de Dispositivo Móvel, que é uma série de códigos numéricos que todo aparelho possui, com registro na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Esse número se obtém com uma consulta à nota fiscal ou à caixa do aparelho. Além disso, é facilmente encontrado usando o teclado do próprio celular: basta digitar *#06#, que o código aparecerá na tela (uma série de 15 dígitos).