terça-feira, 15 de agosto de 2017

PERNAMBUCO TEVE 447 HOMICÍDIOS EM JULHO DE 2017, DIZ SDS

Carro da Polícia MilitarO número de homicídios em Pernambuco aumentou no mês de julho em relação ao mês anterior: foram 447 crimes violentos letais intencionais (CVLI), ou média diária de 14,42 homicídios por dia, contra 12,67 em junho. No entanto, julho foi o segundo mês de 2017 com menos assassinatos, abaixo apenas de junho, quando foram 380 mortes.
Os casos de violência contra a mulher representam a maior redução nas estatísticas. O número de estupros caiu 40,54% em relação a junho - houve 5,1 estupros por dia em junho e 3,03/dia em julho. Também sofreram redução.

Houve ainda a queda de 11,26% nos registros de vítimas de violência doméstica e familiar: 74,52 casos/dia em julho contra 83,97 no mês anterior.
O secretário de Defesa Social, Antonio de Pádua, reforça que mais suspeitos foram presos em flagrante delito - foram 1.964 em julho contra 1.947 em junho. Na totalização do ano, foram 13 mil presos em flagrante, 1.355 deles, por homicídio.
Dos homicídios, 32% estavam ligados ao tráfico de drogas, 19% foram acerto de contas e 18,5% foram resultantes de conflitos na comunidade ou proximidade. Para Pádua, o investimento na segurança vai impactar na redução da criminalidade. São ações como aumento de rondas, criação de dois batalhões - Biesp e Bope - , renovação da frota e melhorias no parque tecnológico. E ainda investimentos na formação e ascensão profissional de servidores.
Assaltos e roubos a ônibus e bancos entram na categoria de Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVP) e sofreram uma redução de 3,97%. "Sobre assaltos a ônibus, a média em junho foi de 3 a 4 ocorrências por dia. Em julho teve um aumento e passou a 4 a 5 por dia. Quanto aos bancos, foram dois assaltos em junho e seis em julho", afirmou o secretário.

O acumulado de CVPs foi de 10.064 em julho (média diária de 324,65), contra 10.142 no mês anterior (338,07/dia). Como os principais alvos são os celulares, o governo criou um programa para que a população informe as ocorrências. Por fim, houve queda também nos roubos de veículos - 5,65% de queda em julho na média diária de casos (51,5 contra 51,52 no mês anterior) e 14,63% nos furtos de automóveis (17,39 contra 20,37).