terça-feira, 8 de agosto de 2017

PADRASTO É CONDENADO A QUASE 20 ANOS POR MATAR ENTEADO EM PETROLINA


Depois de várias horas, terminou na tarde de hoje (8) o julgamento de Patricx Catarino de Assis, de 19 anos, acusado de matar o pequeno Vinícius, de dois anos, em 21 de abril deste ano, dentro de casa, no bairro Areia Branca, zona leste de Petrolina. O menino era enteado do assassino, o qual foi condenado a 19 anos e seis meses de prisão “por homicídio duplamente qualificado com motivo fútil e emprego de meio cruel”.


O julgamento aconteceu no Fórum Dr. Souza Filho, no Centro da cidade. Patricx Catarino, que era soldado do Exército Brasileiro, deverá cumprir a pena em regime fechado. Não consta recurso de defesa.

Segundo a Polícia Civil (PC), após o crime ocorrido no dia 21 de abril, inicialmente ele tentou desmentir as agressões ao menino, mas em depoimento na Delegacia de Polícia Civil da 213ª Circunscrição, acabou confessando que espancou a vítima.
Carlos Britto