quinta-feira, 13 de julho de 2017

TJPE reduz multa de Danilo Gentili por piada sobre doadora de leite


O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) decidiu, nesta quarta-feira (12), reduzir de R$ 200 mil para R$ 80 mil o valor da indenização por danos morais que o apresentador Danilo Gentili, o comediante Marcelo Mansfield e a TV Bandeirantes terão que pagar à técnica em enfermagem Michele Maximino, 35 anos. Conhecida por já ter doado mais de 400 litros de leite materno, ela foi alvo de piada dos humoristas.


A sentença, proferida com base no relatório do desembargador Jovaldo Nunes, saiu após os réus recorrerem da decisão anterior, que era de abril de 2016. Agora, é a vítima que pretende entrar com um recurso no Superior Tribunal de Justiça (STJ) por considerar a reparação insuficiente.

"Estamos falando com nossos advogados e nossa meta é o STJ. No julgamento, foi dito que o teto da 5ª Vara Cível para casos assim era de R$ 100 mil, mas cada caso é um caso. O dano que nos foi causado supera muito isso", queixou-se o marido de Michele, o professor Ederval Trajano.

Michele era doadora de grandes quantidades de leite materno e abastecia bancos de vários hospitais. Em outubro de 2013, porém, o desempenho dela foi comparado ao de um ator pornô por Gentili e Mansfield num programa de TV. O constrangimento afetou a pernambucana, que deixou de produzir leite. Foi quando ela processou os artistas e a emissora. Folha PE