quarta-feira, 26 de julho de 2017

REGIÃO DO ARARIPE REGISTROU 35 CASOS DE ESTUPRO NO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2017

O crime de estupro, um dos mais repugnantes de nossa legislação, antes cometido apenas contra a mulher, agora podendo ser cometido contra pessoas do sexo masculino, consoante lei 12.015/09 publicada em agosto de 2009, sofreu uma dupla classificação. A nossa legislação contempla o crime de estupro (art. 213 CPB), cujas vítimas podem ser qualquer pessoa, exceto as menores de 14 anos, ou pessoa que, por enfermidade ou deficiência mental não tiver o necessário discernimento para a prática do ato, ou que, por qualquer outra causa, não puder oferecer resistência, sendo nesses casos o estupro de vulnerável (art. 217-A), inclusive os decorrentes de violência doméstica familiar.

As cidades do Araripe tiveram 35 casos de estupro registrado no primeiro semestre de 2017.  A cidade de Santa Cruz registrou 1 caso nesse ano, já Ouricuri e Araripina 8 casos, Bodocó 4, Granito 3, Ipubi e Exu 2, Moreilândia 1 e Santa Filomena e Trindade não tiveram nenhum caso registrado.


Dados  disponíveis no site: http://www.sds.pe.gov.br/