domingo, 11 de junho de 2017

EMBRAPA SEMIÁRIDO APROVA SEIS NOVOS PROJETOS NO SEG, VOLTADAS ESPECIALMENTE PARA A AGRICULTURA DEPENDENTE DE CHUVA

 
Seis propostas submetidas pela Embrapa Semiárido, em Petrolina, foram aprovadas nas chamadas 04/2016 e 05/2016 do Sistema Embrapa de Gestão (SEG). As novas pesquisas serão voltadas especialmente para a agricultura dependente de chuva, envolvendo culturas como o guandu e feijão caupi, a produção de palma (foto), além de trabalhos com agroecologia.
Os arranjos e portfólios são instrumentos de apoio gerencial utilizados pela Embrapa para a organização dos seus projetos de Pesquisa e Desenvolvimento, Transferência de Tecnologia, Comunicação e Desenvolvimento Institucional. Os portfólios se apresentam em uma ótica corporativa, com o objetivo de encontrar soluções para demandas nacionais, institucionais ou de governo. Já os arranjos são voltados para demandas regionais, de biomas ou de cadeias produtivos.

Todos os projetos que compõem os arranjos e portfólios são gerenciados através do Sistema Embrapa de Gestão (SEG), que promove uma visão sistêmica, integrada e transparente das ações da Empresa. O sistema dá suporte ao ciclo completo da gestão dos projetos de pesquisa que compõem a programação da Embrapa, o que inclui planejamento, execução, acompanhamento, avaliação, realimentação e liberação de recursos financeiros. Todas as propostas aprovadas podem ser conferidas no link: Propostas Aprovadas. (Foto: Fernanda Birolo/divulgação)